stuckincustoms

[From Korea] Coréia do Sul, o País Onde Modernidade e Tradição se Encontram

stuckincustoms

Conhecido como um país inovador, possuidor de tecnologia de ponta, boa educação e famosas marcas de eletrônicos, a Coréia do Sul não nega suas raízes e ainda mantém firme suas tradições. O lugar onde prédios modernos e gigantescos se misturam com templos e construções milenares é tema da coluna ‘From Korea’, que vai te ajudar a desvendar algumas das mais belas tradições desse país que nos encanta.

Música:
Bem diferente das batidas eletrônicas, com luzes piscantes e o fenômeno do K-pop, a música tradicional sul coreana conta com alguns instrumentos como o kayagum e o komungo, que fazem parte da cultura folclórica coreana. Um canto folclórico bem conhecido é o Pansori, onde duas pessoas, um vocalista e um percussionista, contam diversas histórias em forma de música, para uma plateia. O pansori era apresentado em locais com grande concentração de pessoas, daí o significado desse gênero Pan=lugar onde muitas pessoas se reúnem e Sori=som. Atualmente podemos ver algumas dessas apresentações no Centro Cultural de Busan, Coréia do Sul.

Arte:
Grande parte da arte tradicional sul coreana foi influenciada pelo budismo e pelo confucionismo, ambos sendo segmentos religiosos. O paisagismo também foi ricamente explorado nas peças. As artes plásticas mais desenvolvidas na Coréia foram a pintura, a caligrafia e a cerâmica.
Cerâmica:

Pintura:

Caligrafia:

As artes cênicas também foram exploradas durante esse período, com a dança e o teatro, tendo como exemplo os mais conhecidos taichun e o buchaechum.
Buchaechum:

Hanbok:
Que os coreanos de hoje têm estilo nós já percebemos, mas esse bom gosto parece ter mais tempo do que imaginamos. Os hanboks são trajes típicos coreanos, geralmente com cores vibrantes, possuem corte simples e são sem bolsos. O hanbok já sofreu algumas mudanças entre uma dinastia e outra, também se adaptando a novos tempos e atualmente é usado em cerimônias tradicionais, datas comemorativas e em casamentos.


Esse ano, durante o evento ‘Korean Fashion&Passion’ pudemos apreciar o desfile da estilista Cheon Min Kyung, que apresentou uma releitura do hanbok para os tempos modernos.

Artes Marciais:
Atualmente, as artes marciais ainda são muito praticadas na Coréia do Sul e não são vistas só como objeto de defesa pessoal, mas sim como uma forma de enriquecer e revigorar o corpo e a mente. As artes marciais mais conhecidas originárias da Coréia são o Taekwondo e o Hapkido.
Acredita-se que o taekwondo tenha sido originado da fusão entre artes marciais coreanas (Taekkyeon e Subak) e artes marciais estrangeiras, como por exemplo o Karate.
O Taekwondo, conhecido pela disciplina e pelos fortes chutes, está desde 2000 classificado como um esporte olímpico.
Taekwondo: 

O Hapkido é uma arte marcial marcada para defesa pessoal, onde ensina o praticante a se defender utilizando diversos objetos (leques, facas, bastões, espadas, etc), além do corpo do lutador. Além de defesa pessoal, o mestre em hapkido também tem ser conhecedor de acupuntura, massagens e técnicas respiratórias.
Hapkido:

Espero que tenham gostado de conhecer um pouquinho mais sobre a cultura tradicional sul coreana. Até a próxima!

Redação: Aline Santos

*Não retire o nosso conteúdo sem os devidos créditos*

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>